sábado, 14 de abril de 2012

O Poder Atômico das Sutilezas


Doze de Junho. Gastei todo meu tempo tentando escolher a flor perfeita, aquela que possuía as pétalas mais simétricas e o arranjo mais sofisticado. Passei minutos pensando se aquela orquídea lilás combinaria com o quarto dela e se aquele laçarote não faria de mim o homem mais brega do mundo. Já no carro, lembrei que havia esquecido de comprar um cartão, então corri de volta a floricultura e peguei o primeiro impresso que vi, no qual estava escrito: “Você é meu amor, sabia?”
Toquei meia campainha e a porta rapidamente abriu-se, como se ela tivesse adivinhado que eu estava chegando. Além de linda ela estava visivelmente ansiosa. Sorri como aprendi nos filmes e em meio a tanto chichê das comédias românticas fiz a mágica de retirar a flor escondida atrás das costas. Ela sorriu, agradeceu e foi direto ao cartão. Abriu-o como se tivesse faminta pelas minhas palavras e esperasse que naquele pedaço de papel eu tatuasse meus sentimentos mais inconfessáveis. Sim, ela deixou a planta de lado e deu de cara com um papel escrito por outra pessoa, em larga escala de impressão e com dizeres extremamente genéricos. Naquele dia perdi a grande chance de ser único e percebi algo imenso, que mudaria a minha vida dali em diante:

Sutilezas têm um poder devastador

Finalmente enxerguei a linha tênue e quase invisível que separa os simples presentes das grandes surpresas. Vi nos olhos decepcionados dessa antiga namorada o que todas as mulheres querem dos homens e, por incrível que pareça, não são apenas flores, chocolates, jantares e nem mesmo cartões. As mulheres esperam atitudes que demonstram que seus homens as entendem melhor do que elas próprias são capazes. Isso pode parecer assustador, mas mesmo que não venham com manual de instruções, as mulheres querem ser inteiramente lidas, aprendidas e, então, percebidas como peças únicas em toda galáxia.
Sim homens, pode parecer excesso de detalhismo, mas comecem a enxergar de verdade a mulher que dorme ao teu lado. Não abram apenas portas de carros, mas também os olhos e ouvidos para todos os detalhes e demonstrações feitas por elas. Liguem-se nos pequenos comentários, nas mínimas peculiaridades que as tornam única em meio a tantas outras e com isso, serão machos únicos também.
As surpresas mais ricas não são feitas com anéis de brilhante tirados de cartolas mágicas, ou de caminhões lotados com rosas colombianas. Surpreender uma mulher é dar-lhe algo, seja uma palavra, experiência, carinho sexual ou mesmo um presente, que demonstre o quanto você prestou atenção nela, o quanto você fez questão de entendê-la mesmo quando ela não soube como fazê-lo. Os presentes mais grandiosos cabem numa caixinha de fósforo, podem até ser feitos com tinta de caneta Bic, mas com certeza não servem tão bem para nenhuma outra mulher, pois precisam ser esculpidos e lapidados somente pra sua, ou pra aquela a quem quer encantar.

Surpreender de verdade é:

  • Entregar-lhe um bombom não apenas para matar-lhe o constante já redundante desejo chocólatra, mas para mostrar que, pelas pernas que não paravam de balançar, você percebeu que ela estava ansiosa por alguma coisa.
  • Aprender a fazer bolinho de arroz para impressioná-la em plena terça-feira, mesmo que ela só tenha dito uma vez na vida o quanto ela ama comer esse quitute.
  • Dar-lhe uma sapatilha nova, mas não apenas por saber que todas as mulheres do mundo amam sapatos, mas por ter prestado atenção em cada reclamação dela, dizendo o quanto ela odeia a dor que sente nos pés toda vez que é obrigada a usar salto alto.
  • Comprar um cartão inteirinho em branco somente para preenchê-lo com palavras que podem não significar nada para o resto da humanidade, mas que para ela e somente pra ela, resumem tudo.
Ao fazer dela o material de estudo mais interessante que existe, você não tirará somente as melhores notas, mas conquistará também o poder estremecedor de transformar simples atitudes em memórias eternas.


Texto de Ricardo Coiro para o site  Casal Sem Vergonha.

4 comentários:

  1. Adorei o post amiga... é isso aí, mesmo!!! bjo
    Carol

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Carol! Espero que os meninos gostem tb!! kkk

      Excluir
  2. Ótimas dicas... vou anotar aqui! rs

    Bjão!

    ResponderExcluir