Meus looks preferidos do Oscar 2013

Gente, noite de Oscar é sempre a mesma coisa. Muita badalação, apresentador cometendo gafes, a espera pra saber quem ganhou o quê e o burburinho sobre as roupas das celebridades. Sempre assim!
Este ano eu notei algo diferente, parece que ninguém queria se arriscar. Foi um show de roupas claras (como nude e branco), maquiagem simples, poucos acessórios. Nada daquelas extravagâncias dos anos anteriores.
Então, eu selecionei os meus 3 looks preferidos do Oscar 2013 para vocês. Vamos ver?


Jessica Chastain

Meu visual favorito! Achei a produção toda muito bem feita, os acessórios exatos, o cabelo impecável e a maquiagem perfeita. Vocês já notaram como as ruivas ficam incríveis de batom vermelho?
O vestido Armani Privé em tom nude e cortes geométricos transmitiu um glamour digno de Hollywood, não acham? Um espetáculo!


Charlize Theron

Ela arrancou suspiros com seu novo visual “Joãozinho” e um vestido Dior branco com corpete peplum. Esbanjou beleza e elegância, provando que dá pra ser sensual com o cabelo curto. A maquiagem estava bem discreta, delineador, batom clarinho e só. 

Relacionamentos - Arnaldo Jabor


Sempre acho que namoro, casamento, romance, tem começo, meio e fim. Como tudo na vida. Detesto quando escuto aquela conversa:
- Ah, terminei o namoro...
- Nossa, estavam juntos há tanto tempo...
- Cinco anos... Que pena... Acabou...
- É... Não deu certo...
Claro que deu! Deu certo durante cinco anos, só que acabou. E o bom da vida, é que você pode ter vários amores. Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam. Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro?

Os Links da Semana


E aí queridos, a minha semana já começou ótima, e a de vocês? Tudo tranquilo?
Bom, eu listei alguns posts bem legais, espero que gostem. Bjo

• O Fábio, do Blog Fábio Goncalves, mostrou como fazer o make para festa de formatura. Um luxo!

• A Mariana, do Nada Delicada, falou sobre a importância de observar a validade dos cosméticos.

• A Aline, do Das Gurias, indicou ótimos produtos de beleza por menos de R$ 35,00.

• O J. Antônio, do Fale Com Ele, responde a dúvidas femininas com muito bom humor. 

A Francesinha, do Casal Sem Vergonha, fez o manifesto contra a preguiça masculina de inovar na cama! kkk

• A Helloíne, do Sorteios e Mais Sorteios, falou sobre os melhores sorteios da semana.

• A Conce, do Futilish, mostrou a nova coleção da C&A.



Resenha: Óleo Extraordinário Elseve

Meninas, vocês lembram que teve uma época em que usar óleo no cabelo era considerado um hábito pobrinho? kkk... Isso já era! Os óleos tomaram conta das perfumarias, e praticamente todas as marcas lançaram algo do tipo. E para agradar o público feminino e afastar o preço alto, algumas empresas apostaram em óleos mistos, com vários ingredientes e sem perder a qualidade. Bom, não é?


E eu, que amo uma novidade, fui correndo comprar o meu Óleo Extraordinário, da Elseve, o mais comentado do momento. O produto é composto por uma mistura de seis óleos florais:

* Óleo de Lótus - Nutre a fibra do cabelo e o protege.

* Óleo de Camomila - Restaura o brilho dos cabelos sem vida e amacia a fibra capilar.
* Óleo da Flor de Tiaré - Ajuda a prevenir cabelo seco.
* Óleo de Margaridas - Restaura a vitalidade do cabelo.
* Óleo de Rosas - Fornece nutrientes para o cabelo.
* Óleo de Linhaça - Fornece nutrição intensa para a fibra capilar.

Ele não é gorduroso e pode ser usado de diversas formas, como após fazer escova, misturado na máscara de tratamento, como finalizador para tirar o frizz e dar um brilho a mais no cabelo… enfim, como você quiser!Usei com a máscara de tratamento e como finalizador, adorei o resultado! O produto é muito bom, deu brilho e não deixou o cabelo pesado.
O preço é bem amigo, comprei por R$ 28,00. Ele vem em uma embalagem pump de 100 ml, sua fragrância é doce e agradável. Amo, já entrou para minha lista de favoritos!


Ivete Sangalo e Alejandro Sanz - Não Me Compares



Você não sabe por onde andei depois de tudo amor
Eu sou a chave, da porta onde encontraste alguém
Não me compares
Não busque nela o olhar que dei a ti...

Quando o silêncio não incomoda...


Olhei-a ligeiramente, olho no olho, numa profundidade visual que só nela eu tive coragem de mergulhar. Não disse nada, nem precisava. Queria apenas tocá-la com meu olhar e, com isso, deixar bem claro o quanto eu estava ali, presente de corpo, alma e coração. Olhei-a fixamente nas retinas e assim, sem emitir qualquer grunhido ou som, mostrei o quanto eu estava perto o suficiente para protegê-la de qualquer possível tempestade e longe o bastante para não matá-la sufocada com minha ânsia de tê-la sempre comigo.
O relógio não parou e os minutos passaram enquanto naquela mesinha de plástico, ao ar livre, dividíamos, sem medo, uma generosa porção de silêncio. Tínhamos a imensidão do mar bem ali, a areia que se escondia entre nossos dedos do pé, uma brisa que parecia soprar nossos problemas para bem longe e o sol, lindíssimo astro que vagarosamente preparava o último grande ato do dia.