Dica de Top: Sexy sem ser vulgar!

As tops Renata Kuerten, Ana Claudia Michels e Izabel Goulart sabem como ninguém a diferença entre ser sexy e ser vulgar. Acostumadas a desfilar de biquínis e fotografar mostrando o corpo, elas conseguem ser elegantes até em momentos duvidosos.
Quer saber as dicas das tops?

"Não pode ser over, carregar em tudo. Se você optar por um vestido curtíssimo, coloque uma jaqueta e faça uma maquiagem discreta. A atitude também é muito importante para esse limite entre o sexy e o vulgar. O jeito de sentar é um bom exemplo disso. Uma mulher que, sem dúvida, é muito sensual sem errar no tom é a Angelina Jolie. Equilíbrio faz a diferença nessas horas." Renata Kuerten


"O limite entre o sexy e o vulgar está totalmente ligado à educação. Muitas mulheres usam transparência mostrando os seios, ou vestidos curtíssimos e ainda assim não fica vulgar. Não acho também que essa diferença esteja na forma do corpo da mulher, tem muita mulher gostosona que eu acho chique e bonita. O primeiro passo para não ultrapassar essa barreira e não exagerar é se vestir de acordo com a ocasião e seguir o seu próprio estilo." Ana Claudia Michels

 



"Para ser sexy sem ser vulgar eu invisto em camisas com alguns botões abertos e um maxi colar. Você mostra um pouco de pele, mas sem exageros. A peça que acho mais sexy do guarda-roupa feminino e que é supertendência e deixou de ser um item careta é a saia lápis, que pode até ter uma fenda pequena. Acentua as curvas da mulher mostrando um pouco do corpo." Izabel Goulart





Você já curtiu o Resenha Chic no Facebook? Clique aqui e fique por dentro das novidades! :D

4 comentários:

  1. Elas são lindas, e suas dicas tem tudo a ver. Eu também acho que ser sexy tem mais a ver com atitude do que com a aparência.

    Xoxo!!:)**
    Sorteio 7 prêmios || Meu Mundo Fashion

    ResponderExcluir