Delicadeza também é coisa de macho!

Arnaldo, o homem pode ser delicado em alguns momentos? Não ria da minha pergunta! Pode ou não pode? Sem medo eu digo que sim. E falo mais: acho que todo e qualquer homem existente na galáxia, seja o Chuck Norris ou até o Zé Mayer, em certos momentos, precisa ter atitudes movidas pela tal delicadeza.
Sei que, neste instante, muitos machões estão rindo do meu primeiro parágrafo. E não irei culpá-los pelo falso julgamento – a sociedade os ensinou assim. Homem não chora, homem não sente, homem não hesita. Esse é o preço que se paga pela testosterona. E é por isso que vocês riem de mim: porque são como a maioria dos homens comuns em território nacional, portadores de pinto que confundem a delicadeza com a frouxidão. Mas são coisas diferentes, meu caro. Muito diferentes, por sinal.
Esta confusão toda me parece muito arcaica. Pré-histórica, eu ousaria dizer. Provavelmente, começou com algum bravo caçador de mamutes que, certa vez, para atrair uma bela dama das cavernas, demonstrou um bocado de força. Ela, por sua vez, ficou impressionada com a potência do caçador e logo trepou com ele, sobre um colchão formado por pedras. O caçador, depois da transa, correu para a caverna mais próxima e pediu a atenção de todos, enquanto na parede da caverna desenhava alguns símbolos que significavam: “homem forte penetra”. Dali em diante, os homens continuaram transmitindo a máxima dita pelo sábio caçador garanhão. O símbolo desenhado na pedra foi mostrado e passado de pai – e de mãe – para filho. Meninas gostam de meninos fortes emocional e fisicamente, disseram as más línguas. O ensino se perpetuou de geração em geração. Assim, o mundo foi tomado por homens que aprenderam o poder da força, mas que foram privados de conhecer o poder de uma delicadeza.

Qual a melhor hidratação para meu cabelo?



São inúmeros os tipos de hidratações, cremes e reconstrutores disponíveis nos salões de beleza. Mas, como escolher?
O ideal é comprar bons produtos, aplicar corretamente e acertar no tempo de ação dos cremes.
O tipo e o estado dos fios determinam o creme a ser utilizado, a hidratação deve ser feita uma vez por semana ou a cada 15 dias.
Para saber qual a melhor hidratação para o seu cabelo, faça uma avaliação da condição dos fios. Veja algumas dicas!


Cremes a base de queratina: Tem poder reconstrutor, isso é, regeneram a estrutura do fio.

Cremes a base de soja, de trigo e de colágeno: Tem poder restaurador, agem repondo proteínas perdidas pelo fio.

Cremes a base de karité, chocolate, macadâmia: Tem alto poder hidratante. Eles devolvem a água, a maleabilidade e conferem mais brilho ao fio.

Cremes a base de Óleo de Argan: Reestruturam e fortalece os fios.
 
Vitamina A: Proporciona a ativação das células que produzem melanina e queratina, auxilia no tratamento de ativação de crescimento dos cabelos.

Vitamina B5: Revitalizante natural, devolve vida e saúde. É um “tônico” natural.

Vitamina C: Ajuda na assimilação das outras vitaminas; deixa o pH do cabelo mais ácido, o que provoca o fechamento das escamas da cutícula.

Vitamina E: Anti-oxidante natural

Ceramidas: Funciona como “cola capilar” (firmando o fio), não permitindo assim a formação de pontas duplas

Aminoácidos: Auxiliam a queratina a formar pontes, prendendo-a melhor ao fio. Tem poder reestruturante.






Você já curtiu o Resenha Chic no Facebook? Clique aqui e fique por dentro das novidades! :D

Resenha: Brilho Labial Pink Luster

Não importa qual o estilo, as mulheres sempre têm um brilho labial favorito. Seja para proteger os lábios, fazer charme ou simplesmente para incrementar o make, ele sempre está lá!
A blogueira aqui também adora um brilho, a minha tonalidade favorita é o rosa queimado ou rosa nude, como sou morena, é a tonalidade que fica mais natural para a minha pele. E eu acabei de encontrar um brilho exatamente assim, o Pink Luster, da linha Nourishine Plus, Mary Kay. É a tonalidade ideal para compor looks do dia a dia, e em ocasiões especiais. Em relação ao preço, posso dizer que é médio, fica em torno de R$ 30,00. Acho que vale o investimento, pois não tem aquele efeito “melecado” que alguns brilhos deixam, e ainda hidrata os lábios. 

Eu adorei, super recomendo! bjo


O charme das blusas de rock!

Se você acha que camisa de banda é coisa de homem, está muito enganada! Hoje em dia, é cada vez mais comum ver meninas por ai com a camisa da sua banda favorita. Eu uso a da Banda Covermind, que é a banda do boyfriend, e amo. Já virou farda. rs
Agora, se as blusas de banda já são lindas originais, imagine elas com um toque de glamour? É isso aí, deram um banho de frescura nas camisas dos roqueiros! Olha isso gente, que coisa linda!


Que charme as camisas bordadas com paetês, não é? No site da loja Oh Kei, você encontra vários modelos de blusas, moletons e outros modelos assim, todos trabalhados no brilho e com frete grátis. Um luxo!

Dicas:

- Coletes e jaquetas são um ótimo jeito de deixar seu look "rocker" mais estiloso e quentinho.

- Detalhe atualizador de look: acessórios! Aposte em uma maxi bolsa ou um maxi colar. Vale também um chapéu bem bacana!

- Misture sua t-shirt de banda com uma saia bem feminina para deixar a produção mais girlie e sensual.

- Lembre-se sempre de misturar a camiseta com itens essencialmente femininos! O negócio é usar e abusar da sua criatividade! 

O Charme do Smokey Eye!


Se tem um estilo de maquiagem que nunca sai de moda, é o Smokey Eye (olho esfumado). Clássico e sensual, os olhos esfumados são perfeitos para quase todos os eventos e combinam com todos os tipos de rosto.
Para a balada, você deve apostar no esfumado bem escuro, feito com sombra brilhante e sombra preta. Para o dia a dia, aposte no esfumado mais suave, feito com sombra marrom clara e escura. Fica lindo!
O Smokey Eye (dia): Aposte na combinação marrom e preto, fica um charme! 

  • Comece com a sombra bege em toda a pálpebra móvel e espalhe a sombra marrom, fazendo um degrade. 
  • Use um lápis preto na linha d’água e comece a delimitar até onde você quer esfumar. 
  • Aplique a sombra preta e comece a esfumar. Suavemente, para não borrar e nem manchar o restante, tente fazer um sinal “>”, marcando o côncavo. 
  • Finalize com rímel preto ou incolor e não esqueça de iluminar abaixo da sobrancelha.


Smokey Eye (noite): Se jogue no preto total sem medo! 

  • Escolha uma sombra brilhante (prata ou dourado), e espalhe por toda a pálpebra móvel. Depois, pegue a sombra preta e use na pálpebra, marcando bem o côncavo. 
  • Com o pincel de esfumar, espalhe suavemente a sombra. Quanto mais longo o traçado  da sombra, mais intensa a maquiagem ficará. 
  • Não esqueça de passar lápis preto na linha d’água e na parte inferior dos olhos. Finalize com delineador e rímel preto, para deixar os olhos ainda mais marcados.
E aí, você já usou? Eu amo!






Você já curtiu o Resenha Chic no Facebook? Clique aqui e fique por dentro das novidades! :D

Do It Yourself: Penteado com trança

Se você gosta de arrasar nos penteados e está sempre em busca de estilos diferentes, se jogue nas tranças. Lindas e versáteis, elas podem ser usadas tanto para o dia quanto para a noite. Uma ótima dica para quem vive entediada com o tradicional rabo de cavalo. Eu! kkk
O blog A Beautiful Mess, ensina como fazer esse lindo penteado!




É só seguir o passo a passo, aplicar um spray para dar aquela segurada, caprichar no make e pronto, virou diva! 

Solidão...

"Solidão é um sentimento forte, traz dor, tristeza e por isso também buscamos ao outro, para não ficarmos solitários em nossos próprios pensamentos, em nossa vida, em nossos egoísmo excessivo. Agora, imagine se sentir sozinha mesmo com alguém ao seu lado... a propósito, como está seu relacionamento?
Se ela apenas bate a cabeça ou resmunga algo indecifrável enquanto você falado seu dia, ou se ele parece estar no mundo da lua enquanto você conta sobre o seu sentimento, sim, você pode estar no ritmo dos solitários acompanhados. E, acreditem, não é nada divertido um tango dançado só.
O amor é algo a ser vivenciado a dois. A troca de sentimento, o companheirismo, a parceria. Se estiver disposto a namorar, tem que saber que deverá de comprometer com o outro. Não adianta assumir algo apenas para dizer que está junto. A isso se chama comodismo. Também não é apenas se relacionar quando se está frente a frente, beijando, abraçando e ao sair da companhia esquecer o outro, sem lembranças, carinho, mensagens, sinais de afeto, a isso se chama sadismo.
Reflita sobre em que direção está andando sua relação. Se os olhos não batem, as cabeças rebatem e a solidão lhe acompanha mais que o seu parceiro, há algo fora de lugar, será o egoísmo de uma das partes ou falta de amor-próprio?
Homens e mulheres continuam neste ninho vazio muitas vezes por medo do que encontrarão estando apenas na própria companhia. Se você é um destes, a reflexão deve ser ainda mais profunda, a autoestima não deve estar tão em alta quanto deveria, ou talvez nem exista mais, sufocada entre a passividade e o medo de arriscar viver"

Hoje eu gostaria de falar sobre sentimento, solidão e a difícil arte de viver ao lado de alguém. Não sei o autor desse texto, mas, sem dúvida é alguém que já esteve sozinho em uma relação que deveria ser a dois.