quinta-feira, 26 de junho de 2014

Está na Moda: Acessórios de Moedas

Eu estava escrevendo esse post, e lembrando do eterno vai e vem da moda. É sempre assim, algo faz muito sucesso, todo mundo compra, depois de um tempo fica brega e volta a moda de novo. Com a "onda cigana", não foi diferente! 
No meado dos anos 90, mais precisamente em 1995, a Rede Globo lançou  a novela "Explode Coração", que contava a história dos ciganos Dara e Igor, e com ela veio a febre cigana no Brasil. Gente, era um tal de tocar Gypsy Kings e Santa Esmeralda o dia todo. kkk...  Isso sem falar nas saias rodadas, sobrancelhas grossas e os acessórios de moedas, que eram a marca registrada do estilo Gypsy (cigano contemporâneo). E não é que os tais acessórios de moedas voltaram a moda?


Sim, os acessórios com moedas prometem dominar os look's desta temporada! A referência também esteve presente nos desfiles internacionais de moda, com colares de todos os tamanhos, brincos, pulseiras, cintos e até mesmo headbands para fazer produções de estilo. 

quinta-feira, 12 de junho de 2014

As mais belas histórias de amor do cinema!

Feliz dia dos namorados, queridos!! Esse é um dos meus dias favoritos, todo mundo fica feliz, planejando coisas boas... e o blog Resenha Chic está inspiradíssimo! Em homenagem a esta data tão especial, e ao amor, eu selecionei algumas das mais lindas histórias de amor do cinema para vocês. É só escolher um dos filmes, e assistir com seu amor. Bjo!


Doce novembro (2001)




Nelson é um executivo que só pensa em trabalho, até que conhece Sara, que o convence a passarem um mês juntos para que ela o ajude a resolver seus problemas emocionais. Nelson se apaixona a cada dia, mas Sara guarda um segredo. Ela está muito doente, com câncer em estágio avançado.



 Ghost – Do Outro Lado da Vida (1990)



 
Sam e Molly, um casal apaixonado tem suas vidas separadas após um fatídico assalto planejado pelo melhor amigo deles. Sabendo que sua amada corre risco de vida, Sam, mesmo estando em outro plano espiritual começa a protegê-la. Mesmo assim, o amor dos dois permanece intacto.


 Um lugar chamado Notting Hill (1999)




A estrela de cinema hollywoodiana Anna viaja para a Inglaterra para divulgar um filme e conhece Will, dono de uma pequena livraria. Dois ou três encontros mais tarde, Will e Anna iniciam um relacionamento tenro, engraçado e cheio de idas e vindas.

 
E o vento levou (1939)




Conta a história da jovem Scarlett O'Hara, seus amores e desilusões em um período que tem a Guerra Civil Americana como pano de fundo. Ela então conhece Rhett Butler, um vivido aventureiro que passa pela vida de Scartlet, em uma relação de amor e ódio marcada por conflitos já clássicos e cenas inesquecíveis. 

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Dicas para o seu namorado entender você

Eu geralmente escrevo para você, mulher, porém, hoje, resolvi fazer uma lista direcionada ao seu namorado. Mas calma, não pense que eu desisti de ajudar você, pois, mesmo escrevendo para ele, meu principal objetivo ainda é o seu sorriso e a construção de textos que facilitem a sua vida. Não entendeu? Simples: para ajudá-la a ser realmente compreendida pelo seu homem, de forma simples, direita e sem palavras pela metade, coloquei no papel – ou no Word – aquilo que, muitas vezes, você não consegue explicar a ele, mas que, se conseguisse, sentiria um imenso alívio. Na verdade, eu estou aqui para, através deste texto, ter um papo de homem com o seu parceiro e, com isso, matar dois coelhos com uma cajadada só: você não se sentirá mais incompreendida e ele, de uma vez por todas, vai parar de encarar você como uma equação de terceiro grau. Sua única missão será fazer com que ele leia este texto. Como? Aí é problema seu!

1. O SEXO VAI MUITO ALÉM DO ATO

Irmão, não se esqueça de que o sexo vai muito além do que você faz com a sua parceira na cama. Você pode, por exemplo, começar as preliminares em pleno jantar (não estou dizendo para começar a chupá-la enquanto o garçom não traz a conta!). Então como? Lembre-se de que para excitá-la, antes mesmo de qualquer toque, você precisa tocar a mente dela. E que isso pode ser feito através de frases ditas pertinho da orelha, de olhares que demonstram tesão por ela e de outras mil formas que, acredite, não exigem nem proximidade física. Arrisco dizer que, se souber como penetrar na mente dela, o resto todo será bem mais fácil e exigirá pouquíssima energia de você. Outra coisa: depois que a fizer gozar, não saia correndo da cama e, muito menos, caia no sono. Sua namorada ficará infinitamente mais feliz se, depois do ato, receber a sua atenção e perceber que, além do envolvimento físico, existe um grande elo emocional entre vocês.

2. QUAL O PROBLEMA, AMOR?

Cara, sei que você já passou por algo do tipo e que, assim como eu, sentiu-se confuso quando a sua namorada, com cara de muitos inimigos, para a sua pergunta respondeu: “Eu não estou diferente!”. Não seria mais fácil se ela explicasse o motivo do bico ou se desse, ao menos, uma pista? “Não gostei do jeito que você falou comigo!”, por exemplo, seria um ótimo começo. Mas, caro amigo, ela dificilmente facilitará a sua vida e, por mais que você continue a perguntar o que ela tem ou sente, como resposta, no máximo, ouvirá um “NADA!”. Sei que você não é vidente e que, muitas vezes, não tem a mínima ideia do que fez de errado, porém, quanto mais você insistir em saber a resposta, mais ela vai punir você com o silêncio ou com respostas que fazem com que você questione a sua própria sanidade, como: “Você sabe muito bem o que fez de errado!”. O que fazer então? Irmão, você tem duas alternativas: ou você, sem perguntar a ela, descobre o que está causando fúria (não me pergunte como!), ou você – como eu prefiro fazer – dá um espaço para ela e torce para que a expressão de serial killer passe logo. Enquanto o sangue dela estiver fervendo, ela só pensará em punir você e nada do que disser salvará a sua pele. Até o “eu te amo”, no momento de raiva, será encarado como uma bomba de efeito moral que você lançou apenas para fugir dos seus atos. Meu conselho: espere a poeira baixar, não insista em querer resolver logo e, somente quando perceber que ela voltou ao estado racional, inicie uma conversa civilizada.

3. ESTOU BONITA?

Irmão, eu sei que ela vive dizendo que odeia mentiras, mas, mesmo que você não tenha gostado no novo corte de cabelo dela ou do vestido novo que a deixa parecendo um bolo de casamento, quando ela, toda sorridente, aparecer na sala e perguntar a sua opinião, com voz firme e sem hesitação, diga: “Ficou ótimo!”. É sério! Eu já tentei ser sincero e, cheio de dedos, disse que preferia o corte de cabelo anterior e que gosto mais da calça jeans preta, porém, quando agi assim, só criei discórdias e a deixei indecisa a ponto de me fazer esperar mais de três horas para que ela, que já estava pronta, remontasse o figurino. Não vale a pena! Ela pede a sua opinião quando está insegura, ou seja, na verdade, tudo que ela espera de você é uma palavra que a deixe segura e confiante. Ela só quer um apoio emocional. Se ela quisesse conselhos de moda, consultaria alguém que realmente entende, não você. Por isso, sem medo de mentir, diga: “Aí sim!”.
4. ELA CONTINUARÁ A FAZER ENCONTROS NO BANHEIRO FEMININO
O que sua namorada faz quando vai ao banheiro em dupla, trio ou equipe? Depende. Às vezes ela retoca a maquiagem, em outras elas falam sobre a roupa que estão usando e, na maioria das vezes, fofocam sobre algo que os homens não podem saber. Comentam do garçom bonitão e sobre as bizarrices da namorada nova do seu amigo. Isso acontece desde os primórdios da sociedade e continuará a acontecer mesmo se, no futuro, só existirem encontros totalmente virtuais. Pare de perder tempo imaginando o que elas conversam lá dentro: é melhor nem saber.

5. ELA ESPERA QUE VOCÊ CONTINUE VAIDOSO COMO NO COMEÇO DO NAMORO

Cara, eu sei que você já a conquistou e que ela vive a dizer que gosta de você do jeitinho que você é. Porém, isso não é motivo para descuidar, completamente, da sua aparência. Quando ela olha para a sua barriga de lama escapando da camiseta e para as suas roupas, a cada dia, mais desleixadas, tenho certeza que ela sente falta do cara que a conquistou e que fazia de tudo para agradar, também, os olhos dela. Sei que o amor vai muito além da aparência, mas, assim como você gosta de vê-la arrumadinha e cheirosa, ela também quer que você esteja, no mínimo, apresentável, quando sair com ela. Não estou dizendo que precisa, do nada, transformar-se no Cristiano Ronaldo e começar a fazer a sobrancelha e depilação, mas, por favor, lembra-se: “O amor pode até ser cego, mas o tesão não é!”.
Texto de Ricardo Coiro, para o site Superela.

segunda-feira, 2 de junho de 2014

The Fray - Be Still

Faz tempo que não viciava tanto em uma música, e tão rápido. Eu estava vendo uma das minhas séries favoritas "The Vampire Diares", e essa música fazia parte de uma cena linda, a despedida de Ric (Alaric Saltzman). #ChoreiLitros
Passei o final de semana agoniada pra descobrir o nome e baixar, mas hoje rolou. E o resultado? Eu devo ter escutado umas 823.546 vezes seguidas, já decorei inteira. E não consigo parar de ouvir, dá um play aê:

E um bom  começo de semana pra gente…